Academias abrem o 1° congresso


Com a presença de representantes de dezenas de instituições acadêmicas do Estado do Rio e de outras unidades da Federação, o presidente da Academia Fluminense de Letras, Waldenir de Bragança, abriu ontem, à noite, o I Congresso Brasileiro de Academias de Letras, no H Niterói Hotel.

O evento, que marca o centenário da AFL e se estende até sábado, tem o apoio da Prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Cultura e da Fundação de Arte de Niterói. O prefeito Rodrigo Neves, em seu discurso de boas vindas aos participantes, enfatizou o papel da educação e da cultura no desenvolvimento do país.

Waldenir anunciou que, ao final do congresso, será estabelecida a fundação da Federação das Academias de Letras do Estado do Rio de Janeiro,  com o objetivo de congregar e apoiar as academias fluminenses. Também será lançado um manifesto, a "Carta de Niterói", em defesa do movimento cultural.

Nesta sexta-feira  (21/07) o congresso continua com uma mesa, às 10h, reunindo o presidente da Academia Brasileira de Letras, Domício Proença, e o acadêmico Marco Lucchesi, da ABL e da AFL, em torno do tema "A contribuição das academias de letras para a preservação do patrimônio cultural".

#AcademiaFluminensedeLetras #ICongressoBrasileirodeAcademiasdeLetras #FederaçãodasAcademiasdeLetrasdoEstadodoRiodeJaneiro #WaldenirdeBragança #RodrigoNeves #PrefeituradeNiterói

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: