728x90_2.gif

Pré-sal já supera o pós-sal


A produção de petróleo no Brasil cresceu 0,8 por cento em junho ante maio para 2,675 milhões de barris por dia (bpd), em seu segundo avanço mensal consecutivo, impulsionada pelo desenvolvimento de áreas do pré-sal, cuja extração ultrapassou o pós-sal pela primeira vez. Enquanto isso, o atual presidente da Petrobras, Pedro Parente, anuncia o seu plano de venda de ativos tradicionais da companhia, como algumas das mais antigas refinarias de petróleo brasileiras. É a continuidade do projeto de desmonte e venda da Petrobras aos pedaços.

O campo de Lula foi um dos que mais influenciaram no resultado de junho; na comparação com junho de 2016, a produção de petróleo no Brasil cresceu 4,5% no mês passado, segundo a ANP; enquanto a estatal levou 45 anos para alcançar seu primeiro milhão de barris, a produção do pré-sal superou o pós-sal em menos de dez anos, desde que a produção foi iniciada, em 2008, no governo Lula.

#Petrobras #Présal #DesmontedaPetrobras #PedroParente

1/3