728x90_2.gif

Você precisa conhecer o Welton!


O esporte tem a capacidade de mudar vidas. É uma importante ferramenta para a inclusão e a igualdade social. Welton Juvenal conheceu o badminton quando tinha apenas dez anos de idade, através do ex-atleta Gabriel Alcântara que criou um projeto na comunidade, chamado #ÉoBad. Logo após a tragédia ocorrida no Morro do Bumba, no bairro do Cubango, em Niterói. Welton se encantou pela novidade que era o badminton, começou a treinar e não demorou muito para iniciar nas competições. Hoje, aos 16 anos, Welton coleciona medalhas e treina duro para crescer cada vez mais no esporte. Em 2017, ele se classificou para o campeonato Panamericano, em Toronto, no Canadá, contudo, não conseguiu representar o Brasil na competição por falta de verba. Para ajudar com as despesas de materiais e viagens, continuando em busca de seus sonhos, Welton começou a vender empadas aos domingos na Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Cubango. Agora ele também vende salgados no Campo do São Bento, em busca de arrecadar recursos para o próximo campeonato brasileiro, que será realizado em Toledo, no Paraná, entre os dias 22 e 25 de março. Antes disso, no dia 5 de março, Welton completa 17 anos. Uma simples contribuição poderia ser um belo presente de aniversário e um incentivo para Welton não desistir de seus sonhos.

Todos podem ajudar. Qualquer valor é bem-vindo.

Banco: Caixa Agência: 1507 Conta Poupança: 38512-4 Operação: 013 Nome: Welton Juvenal Menezes CPF: 185.124.877-39

#ÉoBad #GabrielAlcântara #WeltonJuvenal #Badminton #CampodoSãobento #Niterói #Cubango

1/3