Câmara de Niterói começa a analisar vetos do Executivo para destrancar a pauta


A Câmara Municipal de Niterói, com a pauta trancada desde o último dia 15, começou a analisar, na tarde desta terça-feira (27), os vetos do prefeito Rodrigo Neves (PDT) a projetos de autoria dos vereadores e a uma mensagem-executiva. O Projeto de Lei 14/2016, que estabelece novos critérios de transparência para entidades que recebam recursos públicos do município de Niterói, de autoria do vereador Paulo Eduardo Gomes, e dos ex-vereadores Renatinho e Henrique Vieira, todos do PSOL, teve o veto total mantido. O placar foi de 12 votos não e cinco votos sim, contrários ao parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final favorável à derrubada do veto.

Outro veto analisado foi ao projeto de lei 122/2016, que dispõe sobre a inclusão da ação Ronda Maria da Penha no âmbito da Guarda Civil Municipal de Niterói, de autoria da vereadora licenciada Verônica Lima (PT). O veto foi mantido por unanimidade, com 17 votos sim. Ainda restam na pauta sete vetos para serem analisados. Durante a plenária o vereador Bira Marques anunciou a sua filiação ao PSB, se desligando oficialmente do PT.

#CâmaradeNiterói

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: