STIPDAENIT realiza protesto nesta terça-feira contra demissões no Grupo Águas do Brasil


O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói (STIPDAENIT) realiza nesta terça-feira (8), às 7h30, em frente à empresa Águas de Niterói, um protesto contra as demissões efetuadas no setor de call center do Grupo Águas do Brasil.

O Grupo Águas do Brasil, empresa que comanda a concessionária Águas de Niterói, demitiu recentemente os funcionários responsáveis pelo serviço de call center, que é o primeiro contato dos clientes com a empresa. Em balanço divulgado pela própria empresa, no ano de 2016 a lucratividade do grupo somou 126 milhões de reais. E, segundo o sindicato, a ideia da empresa é aumentar ainda mais o lucro com a demissão destes funcionários, uma vez que o último reajuste da Águas de Niterói tenha sido de 4,72%, índice 68,5% acima da inflação acumulada nos últimos 12 meses.

“A empresa divulga lucros de 126 milhões de reais em seu último balanço e quer dar um aumento para seus colaboradores apenas corrigindo a inflação do período referente a negociação. Algo não está fechando”, afirma a assessoria do STIPDAENIT. O sindicato ainda alega outra dificuldade nas negociações. “O diretor-presidente do Grupo Águas de Niterói pouco se importa com a categoria e sempre coloca outra pessoa para receber o sindicato junto com os trabalhadores”, acrescenta.

Atualmente, o STIPDAENIT conta com aproximadamente dois mil associados.

#STIPDAENIT #ÁguasdeNiterói

1/3
300x250px.gif