728x90_2.gif

A mentira era maior: foram só 6,6 mil motos em São Paulo


Não foram 180 mil motocicletas como afirmou um deputado bolsonarista tentando ser "honesto", nem muito menos recorde "registrado" no Guiness Book de 1,3 milhão de veículos no passeio de motociclistas com o presidente Jair Bolsonaro, na manhã do último sábado. Depois de o "Livro dos Recordes" desconstruir a mentira contada pelos bolsonaristas nas redes sociais, agora finalmente apareceram os números verdadeiros. O sistema de monitoramento da Rodovia dos Bandeirantes, por onde percorreu a chamada motociata do presidente Bolsonaro, registrou a passagem de 6.661 veículos no primeiro pedágio dentro do trecho bloqueado para a realização do evento.

Segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) informou nesta quarta-feira (16), a contagem foi feita entre 11h e 12h30 no pedágio do Campo Limpo Paulista. No horário entre 12h26 e 13h31, na altura do km 36, em Caieiras, o número registrado foi um pouco menor: 6.216 veículos.

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo havia estimado uma presença de cerca de 12 mil motos na região do sambódromo do Anhembi, em Santana, na Zona Norte da capital paulista, onde ocorreu a concentração.

O Sistema de Monitoramento de Informações de Pedágio (MIP) é usado em todos os pedágios do estado e serve para a Artesp auditar os valores arrecadados com a taxa informados pelas concessionárias e o coletado pelo sistema da agência.

“Cabe esclarecer, que os dados foram coletados nas praças de pedágio da AutoBAn, através do sistema MIP, que não está preparado para coletar informações sobre a passagem de motocicletas, visto que os mesmos não pagam tarifa nesta concessão. Além disso, durante o evento, por muitas vezes, os motociclistas passaram juntos pelas cabines, o que dificulta ainda mais a detecção dos sensores de pista”, diz a Artesp, citada pelo G1.

Além da fakenews "oficial" dos bolsonaristas, que divulgaram recorde de 1.3 milhão de motos "registrado no Guiness", outras mentiras foram espalhadas para superdimensionar o passeio motociclístico do presidente.

É fake também uma capa do jornal Washington Post com manchete dizendo que Bolsonaro lidera maior passeio de moto do planeta.

Depois de o governo de São Paulo aplicar multas contra Jair Bolsonaro e o filho 03, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o Ministério Público do Estado abriu investigação contra os organizadores do passeio, por aglomeração e falta de máscaras durante pandemia


1/3