ABL: falta de oxigênio é 'símbolo do descaso e abandono'


Em meio ao drama do colapso dos hospitais de Manaus e do desespero dos profissionais de saúde, que lutam da forma que podem para tentar salvar vidas sem as mínimas condições de trabalho, a Academia Brasileira de Letras divulgou nesta sexta-feira uma nota oficial de solidariedade aos médicos brasileiros.

No texto, a ABL destaca o compromisso honrado pelos médicos, "que combatem o descaso da necropolítica", mesmo com o risco da própria vida. A nota define a falta de oxigênio - registrada em Manaus - como um "símbolo do descaso e do abandono" e conclui que "em tanta escuridão, o sacrifício de vocês brilha como o sol".


Leia a íntegra da nota da ABL:

"A Academia Brasileira de Letras manifesta a mais sentida solidariedade aos médicos deste país.

Aos que não faltam ao juramento de Hipócrates. Aos que combatem o descaso da necropolítica. Aos que arriscam a própria vida, num cenário sem insumos, sem dignidade e sem o mínimo de uma política sanitária.

A falta de oxigênio ficará na história. Como ferida aberta.

Símbolo do descaso e do abandono.

E, no entanto, vocês exercem uma tarefa imensa.

Melhor não precisassem de virtudes heroicas.

Mas, em tanta escuridão, o sacrifício de vocês brilha como o sol."

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif