top of page

Aeroporto Tom Jobim ganhará base do Segurança Presente

A base Galeão Presente, a 20ª do Programa Segurança Presente inaugurada pelo atual governo do Estado do Rio, começará a funcionar após o Carnaval. A nova base do programa, que completa 10 anos e é coordenado pela Secretaria de Estado de Governo, tem o objetivo de levar mais segurança para viajantes e para quem trafega pelas vias de acesso ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, e contará com pelos menos 15 agentes.

"Das 41 bases do programa, inauguramos 20 desde que assumi o governo em agosto de 2020. O nosso objetivo é ampliar o policiamento para quem chega no Estado do Rio de Janeiro, que será sede do encontro do G20 neste ano e terá o mundo se encontrando aqui, passando pelo Galeão. Durante os últimos três anos investimos pesado em segurança e a ampliação deste programa é motivo de muito orgulho", ressalta o governador Cláudio Castro.


"A nova equipe também foi pensada para reforçar a segurança dos eventos que serão realizados no estado em função da jornada do G20", afirmou ele, em postagem no X (Twitter).


O Galeão Presente vai atender os dois terminais do aeroporto e vai policiar os acessos às áreas de embarque e desembarque, além da entrada e da saída do estacionamento, incluindo a movimentação da estação do BRT Transcarioca. A base também será responsável pelo corredor até a saída da Ilha do Governador. Haverá policiamento a pé, além de motos e carros.


"O Segurança Presente vai garantir mais proteção a quem chega e sai do Rio usando o aeroporto. Este reforço faz parte de mais iniciativa do governador Cláudio Castro em atrair turistas, estimular a economia e aumentar a frequência de voos e de passageiros no Rio Galeão", afirma o secretário de Governo, Bernardo Rossi.


Sobre o Segurança Presente


O Segurança Presente teve início com o Lapa Presente, em janeiro de 2014 e, hoje, atua em 22 municípios do estado com 40 bases. Desde o início da atuação, já atendeu mais de 400 mil pessoas em vulnerabilidade social, localizou oito mil foragidos da Justiça e conduziu mais de 59 mil suspeitos às delegacias.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comentários


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page