top of page

África do Sul sedia reunião de ministros do trabalho do BRICS

O desenvolvimento de esforços conjuntos para aumentar a produtividade e fortalecer a proteção social nos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) foi o centro das atenções durante a reunião do Grupo de Trabalho sobre Emprego (EWG) e a Reunião dos Ministros do Trabalho e Emprego (LEMM), que começou em Durban no dia 26/9 e termina nesta sexta, 29 de setembro.

Reprodução

Liderada pelo Departamento de Emprego e Trabalho, a África do Sul sediará a última de uma série de reuniões sobre trabalho e emprego do BRICS. O tema abrangente "Proporcionando Trabalho Decente, Dignidade e Respeito para Todos" define a direção das discussões focadas na promoção da cooperação na criação de empregos e na governança do mercado de trabalho entre os parceiros do BRICS.


Em preparação para a LEMM, a quarta reunião do Grupo de Trabalho sobre Emprego e a reunião da Rede de Institutos de Pesquisa do Trabalho do BRICS foram realizadas nos dias 26 e 27. Nessas reuniões, altos funcionários e especialistas técnicos analisaram questões como a Declaração Ministerial, o Relatório sobre Proteção Social nos Países do BRICS, a Plataforma de Produtividade do Trabalho do BRICS e formas de fortalecer a cooperação entre os países do grupo dos cinco em nível multilateral.


As reuniões do Grupo de Trabalho sobre Emprego e a reunião da Rede de Institutos de Pesquisa do Trabalho do BRICS têm o seu ápice na Reunião Ministerial na quinta e nesta sexta, 29 de setembro.


Espera-se que os respectivos chefes de ministérios se concentrem nos direitos trabalhistas, no acesso universal à proteção social, no desenvolvimento de habilidades e no desenvolvimento sustentável de empresas para promover o crescimento econômico inclusivo e sustentável.


Eles também buscam aprofundar a cooperação em fóruns multilaterais para moldar a política e a agenda do mercado de trabalho global. Seus esforços estão alinhados com o apelo dos líderes do BRICS por uma recuperação econômica centrada nas pessoas e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030.


Além dos colegas do BRICS, o Ministro Thulas Nxesi também convidou ministros de Cuba, Quênia, Lesoto, Malaui, Namíbia e Zimbábue. A reunião conta com a presença de representantes de parceiros sociais e organizações internacionais, como a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Agência Internacional de Seguridade Social (ISSA) e o Centro Regional Africano de Administração do Trabalho (ARLAC). Os líderes provinciais de KwaZulu-Natal e da cidade de Ethekwini discursarão para os delegados internacionais.


Os ministros do Desenvolvimento Social e do Desenvolvimento de Pequenas Empresas, autoridades seniores e especialistas também participam da conferência, segundo informa o site oficial do governo sul-africano.


Fonte: TV BRICS

コメント


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page