Agiota que integrava quadrilha organizada é preso pela polícia



Policiais Civis da 76ª DP (Niterói) prenderam o integrante de uma das maiores quadrilhas de extorsão e agiotagem do estado do Rio de Janeiro, no início da tarde dessa terça-feira (23/3), no Centro de Saquarema. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 33ª Vara Criminal da Capital.


De acordo com a polícia, o grupo, além da agiotagem clássica, cujos empréstimos incidem juros abusivos, também colecionava vítimas cobrando dívidas antigas (adquiridas com agiotas) que já tinham sido quitadas. O grupo criminoso ainda cobrava empréstimos que nunca existiram. Eles telefonavam insistentemente para os “devedores”, ou até mesmo a parentes e vizinhos, e faziam graves ameaças até conseguirem o pagamento da suposta dívida.


De acordo com os policiais, o criminoso, de 44 anos, estava foragido desde setembro de 2019, depois de escapar da Operação Infestus, deflagrada pela 44ª DP (Inhaúma), que tinha como objetivo desarticular uma das maiores quadrilhas voltadas para agiotagem do Rio de Janeiro. Ele responderá pelos crimes de organização criminosa e extorsão.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg