Agora é lei: Maricá proíbe cobrança por sacolas plásticas


Projeto é de autoria do vereador Aldair de Linda | Foto: Divulgação

Foi sancionada nesta segunda-feira (26/10), a lei de autoria do vereador e presidente da Câmara de Maricá, Aldair de Linda (PT), que proíbe a cobrança por escolas plásticas ecológicas nos mercados e comércio do município. Os valores por unidade variam entre R$ 0,06 e R$ 0,10, mas a partir de agora as sacolas devem ser concedidas gratuitamente aos consumidores no momento da compra.


“Para famílias carentes, a cobrança de R$ 0,10 por unidade é um valor absurdo. Eu compreendo e acho correto que devemos encontrar meios cada vez mais ecológicos e que preservem o meio ambiente, mas não é correto cobrar por cada sacola nos mercados. O consumidor não pode arcar com isso”, defendeu Aldair de Linda.


O descumprimento da lei prevê penas como notificação, multa e suspensão de funcionamento. As multas serão entre 5 e 20 Ufimas. Cada Ufima equivale a R$160,75. As denúncias poderão ser feitas ao Procon de Maricá nos números: (21) 2634-1342 / 97235-7207.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif