top of page

Americanas do Plaza Shopping é alvo de ação de despejo


Foto: Reprodução

O consórcio responsável pela administração do Plaza Shopping, no Centro de Niterói, apresentou à Justiça do Rio uma ação de despejo contra o Grupo Americana por falta de pagamento do aluguel.


No pedido feito à Justiça, os administradores solicitam a desocupação do espaço em até 15 dias, sob pena de despejo forçado em caso de permanência. A unidade da Americanas no Plaza Shopping possui mais de 2.700 m² e fica no terceiro andar.


De acordo com o shopping, o empreendimento não honrou com as despesas previstas para o mês de dezembro, totalizando dívida de R$ 610.767,43. A discussão está na 8ª Vara Cível da Comarca de Niterói.


Entenda o caso


Na última quinta-feira (19/01), o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) informou que aceitou o pedido de recuperação judicial apresentado pelo Grupo Americanas. A decisão é do juiz Paulo Assed Estefan, da 4ª Vara Empresarial da capital. Na semana passada, no dia 11 de Janeiro, a descoberta de inconsistências contábeis no balanço fiscal do grupo resultou no pedido de demissão do presidente Sérgio Rial e do diretor de relações com investidores André Covre.


A decisão de deixar o cargo foi anunciada após a descoberta de um rombo estimado em R$ 20 bilhões. Na petição apresentada ao TJRJ, o grupo calcula que as inconsistências contábeis devem elevar as dívidas para um montante em torno de R$ 40 bilhões. A recuperação judicial é solicitada quando uma empresa se encontra em dificuldades financeiras.

300x250px.gif
728x90px.gif
bottom of page