Amigo? Trump acusa Brasil e taxa alumínio de novo


A propalada parceria em nenhum momento se refletiu, na pratica, no ambiente de negócios (Alan Santos/PR)

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, confirmou nesta sexta-feira (9) que o país vai aumentar a tarifa sobre chapa de alumínio vinda do Brasil e de outros 17 países. O secretário ainda acusou o governo brasileiro de prática de dumping, que é a venda de produtos com preços menores do que o de custo para que sejam eliminados os concorrentes.

"Este é o maior e mais abrangente caso que nosso departamento trouxe em mais de 20 anos", disse o secretário de Comércio dos EUA sobre o tamanho da ação de fiscalização do comércio.

A tarifa praticada em produtos brasileiros vai aumentar de 48,33% para 135,63%, um acréscimo de 87,3%.

De acordo com o Departamento de Comércio dos EUA, o país importou US$ 97 milhões em chapas de alumínio brasileiro em 2019, do total de US$ 1,96 bilhão importados dos 18 países afetados pela medida desta sexta.

O aumento nas tarifas dos EUA sobre importações de aço e alumínio vindas do Brasil já havia acontecido no final de 2019.

Na ocasião, o presidente dos Estados Unidos disse que "Brasil e a Argentina têm promovido uma forte desvalorização de suas moedas, o que não é bom para nossos agricultores. Então irei, imediatamente, retomar as tarifas sobre todo aço e alumínio embarcado para os EUA a partir desses países".

'I love you'

A propalada parceria entre Bolsonaro e Trump em nenhum momento se refletiu, na prática, no ambiente de negócios entre Estados Unidos e Brasil.

Fanfarronices como "I love you" e "meu amigo Trump" desconstroem-se a cada gesto real. Seja quando Trump afirma que Bolsonaro é um mau exemplo na pandemia, como ocorreu em 29 de junho, seja nas relações comerciais, havendo como prova o déficit na balança comercial entre os dois países que fechou em mais de US$ 3 bilhões negativos para o Brasil até agosto, contra apenas pouco mais de US$ 200 milhões negativos no ano passado.


Com informações da Sputnik

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: