Anticorpos da Covid-19 podem durar apenas 3 meses


O professor John Bell, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirmou em vídeo no Youtube que os anticorpos da Covid-19 podem se esgotar entre 10% e 30% a cada mês, e que eles “desaparecem rapidamente”. Isso significa que pessoas que contraíram a doença em março já podem estar suscetíveis a reinfecções.


Um estudo recente feito pela King’s College de Londres com cerca de 90 pessoas, apontou na mesma direção: os anticorpos desaparecem com o tempo, atingindo um ápice três semanas após os primeiros sintomas e reduzindo drasticamente depois disso.


Em outros casos de doenças respiratórias causadas por coronavírus — como o SARS e a MERS — a imunidade dura cerca de dois anos. Em outras variações do vírus, como a OC43 e a HKU1, as pessoas ficaram imunes por um período mais curto.


No Brasil, a Universidade de São Paulo (USP) registrou o primeiro caso de reinfecção por covid-19 no início do mês, quando uma técnica de enfermagem de 24 anos passou por dois testes positivos da doença em um intervalo de 50 dias.


As reinfecções são raras e não se sabe ao certo quantos casos do tipo existem no mundo. Também não se sabe ainda com precisão por quanto tempo os anticorpos são capazes de impedir novas infecções.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif