Após cloroquina para emas, Bolsonaro diz que testou negativo


(Reprodução)

Depois de aparecer em público na sexta-feira mostrando uma caixa de hidroxicloroquina para as emas que habitam o gramado em frente ao Palácio do Planalto e de conversar sem máscara com um grupo de garis montado em uma motocicleta, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) informou neste sábado que o novo teste da Covid-19 deu negativo. O anúncio foi feito em seu perfil do Twitter. Ele não informou de qual data é o novo teste. "RT-PCR para Sars-Cov 2: negativo. Bom dia a todos", escreveu Bolsonaro.

Bolsonaro divulgou no dia 7 de julho que foi diagnosticado com o novo coronavírus (Sars-CoV-2). Depois, o presidente fez outros testes, cujos resultados deram positivo. No total, ele já teria sido submetido a seis exames, inclusive usando pseudônimos, que apontaram ou não a presença do vírus

O presidente contou que sentiu os primeiros sintomas no dia 4 de julho, em um sábado, mesmo dia em que participou da comemoração da independência americana na casa do embaixador dos Estados Unidos, na companhia do embaixador e ministros. Na ocasião, a embaixada divulgou uma nota para afirmar que o embaixador e sua mulher, além de pessoas próximas que estavam naquele almoço, foram submetidos a exame e o resultado deu negativo para Covid-19.

Emas

A cena patética de Bolsonaro correndo atrás das emas com uma caixa de hidroxicloroquina na mão foi registrada pelo fotógrafo da agência Reuters, Adriano Machado, e ganhou o mundo.

Além de fazer propaganda de um remédio que, comprovado cientificamente, não cura doentes infectados por Covid-19, Bolsonaro tem despertado dúvidas sobre a sua normalidade mental. Foi o caso do presidente do PSOL, Juliano Medeiros, que não achou nada normal Bolsonaro oferecer cloroquina às emas. "Não está em seu juízo perfeito. Precisa ser interditado e afastado urgentemente", recomendou.

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: