top of page

Aplicativo Rede Mulher tem 11,5 mil downloads em um mês

Lançado há um mês, o aplicativo Rede Mulher já teve 11,5 mil downloads. Criado pelo Governo do Estado e desenvolvido pela Polícia Militar para socorrer vítimas de violência, o App tem o botão de emergência que permite contato eletrônico com o 190, que foi acionado 64 vezes durante este período, resultando em 23 atendimentos.

Reprodução


Além do botão de emergência, no aplicativo, a mulher pode ser redirecionada para o site da Polícia Civil para fazer um registro de ocorrência online. Outra funcionalidade é o modo camuflado, que quando acionado muda de aparência e só pode ser acessado por login e senha. Há também um passo a passo de como solicitar um pedido de medida protetiva e uma lista com os centros especializados de atendimento à mulher.


Outro ícone importante é o Guardiões, uma rede de apoio com contato de até três pessoas que possam socorrer a vítima em uma situação de emergência. Em um mês, a funcionalidade foi acionada 249 vezes. O aplicativo vai ganhar ainda um ícone que vai permitir que as mulheres atendidas possam entrar em contato direto, por mensagem de texto, com os policiais militares da Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida.


"O aplicativo tem sido fundamental para combater a violência contra as mulheres, junto com outras ações que realizamos, como o Patrulha Maria da Penha, e que agora farão parte do Rede Mulher", explicou a tenente-coronel Cláudia Moraes, coordenadora da Patrulha Maria da Penha - Guardiões da Vida.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

300x250px.gif
728x90px.gif
bottom of page