top of page

Aprendiz Musical faz confraternização em final de semestre

O Aprendiz Musical, um dos mais importantes programas de desenvolvimento social por meio da arte do país, reuniu sua equipe na noite desta segunda-feira (31/7) para um momento de confraternização, fazer um balanço das realizações e para projetar as ações no segundo semestre do ano. Dentre as novidades, estão a consolidação da parceria com o centenário Conservatório de Música e com a UNESCO. O Programa Aprendiz Musical é mantido pela Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Ações Estratégicas e Economia Criativa, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

A reunião contou com a presença do prefeito de Niterói, Axel Grael; do secretário de Ações Estratégicas e Economia Criativa (SAE), André Diniz; do presidente da Fundação Municipal de Educação (FME) e secretário de Educação de Niterói, Bira Marques; da subsecretária da SAE, Mariana Zorzanelli; entre outros.


“A gente sempre sonha em ter um projeto dessa magnitude e dessa abrangência, chegando a praticamente toda a rede municipal de educação, levando oportunidade na cultura e na música para jovens que muitas vezes vão chegar ao programa sem ter a percepção do que isso pode significar para a vida deles. Muitos poderão seguir numa carreira. A música socializa. É um projeto prioritário do governo. Estamos nos empenhando sempre para termos a melhor equipe e a melhor logística para receber e dar estrutura ao Programa”, explicou o prefeito Axel Grael.


Atualmente o Programa está presente nas 49 unidades do ensino fundamental da rede municipal. A ideia é que as pessoas passem pelo Programa e possam escolher a história que quiserem, seja na música ou não. O balanço apresentou o plano de trabalho, com entregas, demonstrando o alcance do Aprendiz Musical, além da atividade fim, que é a de ensino.


Tombado como Patrimônio Imaterial do Estado do Rio de Janeiro, o Aprendiz Musical atendeu, desde 2001, mais de 40 mil alunos. Entre as realizações, se destacam convênios e intercâmbios; mais de 100 apresentações, incluindo duas turnês pelo estado do Rio; aumento na quantidade de escolas e de turmas onde o Aprendiz atua; entre outras.


O secretário de Ações Estratégicas e Economia Criativa, André Diniz, ressaltou a importância do Aprendiz Musical. “Já são 22 anos de uma importante história construída. São 15 ex-alunos trabalhando hoje no Programa, o que já demonstra o resultado fabuloso. O empenho do prefeito em investir no maior programa de música do país foi fundamental. É grande a minha satisfação com a entrega destes seis meses, a visibilidade e a interação com a sociedade são muito positivas. Reafirmo a importância da parceria com o centenário Conservatório de Música e com a UNESCO, que quer retomar, com o Aprendiz, o programa Cultura de Paz, uma referência internacional. Tem muito mais coisa boa ainda por vir”, afirmou André Diniz.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

Atualmente, a iniciação musical acontece em 44 escolas e em 268 turmas; o canto coral, em 11 escolas e em 11 turmas; as aulas de instrumentos alcançam 20 escolas e 39 turmas. Além da atuação nas escolas, as aulas acontecem na Sala Aprendiz, que faz parte de um terceiro estágio, o de formação continuada. Nesta fase, podem participar, via edital, dos chamados Grupos de Referência, que são as Orquestras Aprendiz Musical e Experimental, bem como do Coro Aprendiz, que, além do conjunto de atividades complementares, material didático e uniforme, concede bolsas incentivo que variam de R$ 200,00 a R$ 700,00.


A missão é promover a educação musical para crianças e jovens que tenham até 24 anos, estudantes ou egressos das escolas públicas da cidade, garantindo o acesso à cultura e às artes.


“Acredito muito nessa soma entre educação e arte como uma forte ferramenta de transformação social e de construção de uma consciência crítica. Vamos fortalecer, cada vez mais, a atuação do Aprendiz nas nossas escolas, descobrindo novos talentos e proporcionando oportunidades que muitos desses jovens jamais sonharam”, disse Bira Marques, presidente da Fundação Municipal de Educação (FME) e secretário de Educação de Niterói.


Foram destacados, ainda, os investimentos na aquisição de novos instrumentos musicais tanto de sopros e percussão quanto de cordas friccionadas e dedilhadas, além da inclusão de ações de capacitação de alunos e professores, por meio de workshops e oficinas sobre temas variados e com profissionais especialistas das áreas.


Com foco cada vez mais voltado para o impacto social do Programa Aprendiz Musical, o plano de 2023 trouxe novidades de formação continuada como os projetos novos “Decola”, um curso inédito para abordar temas socioemocionais e cidadania, e “Aprenda”, com aulas de reforço escolar com foco no ENEM. Em complemento, os estudantes podem participar de visitas guiadas a centros culturais e a espetáculos, com intuito de proporcionar uma ampliação dos conhecimentos gerais.


Foi citada a parceria com o Conservatório de Música de Niterói e com a UNESCO. A primeira se dá a partir da realização de ações integradas e sequenciais, com a abertura de 80 novas vagas para bolsistas, e da oferta de aulas de instrumentos, teoria e prática de conjunto como reforço para os Aprendizes. A segunda ressalta a participação no Acordo de Cooperação Técnica Internacional UNESCO, no eixo “Formação e Qualificação”.


Entre as ações futuras, estão a realização de oficinas variadas; intercâmbios com outros projetos de educação musical; passeios a espetáculos e locais culturais; e cursos de teor técnico e musical.


O Programa Aprendiz Musical ganhará uma nova sede no casarão que foi desapropriado pela Prefeitura no Bairro Chic, no Fonseca; e outra na Região Oceânica. Quando a reforma da Casa Norival de Freitas, no Centro, ficar pronta, passará a ser a sede oficial e o casarão da Zona Norte (Casa Aprendiz) será mantido como núcleo de ensino devidamente climatizado e com salas com tratamento acústico.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


コメント


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page