top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Artista chilena apresenta obra monumental no Rio

No âmbito da terceira edição da Bienal Black, que este ano se intitula "Fluxos: Transitoriedade, Migração e Memória", a artista visual chilena Daniela Castillo se destaca como a única representante do Chile nesse evento cultural de grande relevância. Sua obra "Amara", uma imponente peça têxtil de 8 metros de comprimento por 2,5 metros de altura, chega ao Rio de Janeiro como parte dessa exposição de destaque.

"Amara" não é apenas uma obra visualmente impressionante, mas também carrega consigo uma profunda mensagem de memória e resistência. Ela retrata os olhos de uma menina da região do Atacama, no Chile, uma área afetada por desastres naturais em 2015 e 2017. Para Castillo, esse trabalho é uma forma de ecoar as experiências de sua comunidade e desafiar o espectador a partir de uma perspectiva contemplativa e reflexiva.


A curadora da Bienal, Patricia Brito, elogiou a contribuição de Castillo, observando que seu trabalho enriquece a exposição ao promover a diversidade cultural e as narrativas artísticas das comunidades afrodescendentes em todo o mundo, segundo informa El Ciudadano, o parceiro da rede TV BRICS.


"Amara" será exibida no complexo cultural Cidade das Artes, no bairro da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, como parte da programação "Insurgentes" da Bienal. Essa exposição, que vai de 8 de março a 25 de maio, oferece um espaço para refletir sobre temas de migração, memória e transitoriedade por meio da arte contemporânea.


A participação de Daniela Castillo na Bienal Black não apenas destaca seu talento como artista, mas também seu compromisso com a representação e a expressão de diversas realidades culturais em nível internacional.


Fonte: TV BRICS, parceira do TODA PALAVRA

ความคิดเห็น


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page