Ataque aéreo de Israel destrói prédio de mídias internacionais


TV Al Jazeera mostra o momento em que prédio em Gaza é destruído por ataque aéreo israelense (Reprodução)

Prédio em Gaza onde estavam localizados os escritórios de várias mídias internacionais colapsou na sequência de um ataque aéreo israelense, informa o correspondente da Sputnik.

O ataque aéreo israelense provocou o colapso de um edifício de 15 andares em Gaza que abrigava, entre outros, os escritórios de várias mídias internacionais.

Anteriormente fontes locais afirmaram à Sputnik que Israel havia emitido um "aviso" de que dentro da próxima hora suas forças atacariam o prédio onde estavam localizados os escritórios do canal de TV Al-Jazeera, agência Associated Press e outras mídias internacionais na Faixa de Gaza.

A Al-Jazeera acaba de transmitir ao vivo a destruição de seu prédio em Gaza.

"A Força Aérea israelense destruiu completamente o prédio Al-Jala, onde se situavam vários meios de comunicação internacionais, como a Associated Press e a Al-Jazeera", disse a fonte.

Nos últimos dias, aproximadamente 2.000 foguetes foram lançados do enclave palestino contra o território israelense, no entanto, segundo Exército de Israel cerca de 350 lançamentos fracassaram.

De acordo com dados recentes, em Israel foram mortos sete civis e um militar. Tel Aviv por sua vez levou a cabo centenas de ataques contra a Faixa de Gaza.

O Ministério da Saúde da Palestina relata sobre 139 cidadãos palestinos mortos e cerca de 1.000 feridos na sequência dos ataques israelenses.


Fonte: Agência Sputnik

300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif
Toda Palavra 077 - páginas centrais.jpg

Leia a versão digital da edição impressa do TP