top of page

Atirador invade escolas e deixa 3 mortos e 9 feridos no ES


(Reprodução)

Duas escolas da cidade de Aracruz (ES) foram alvos de um ataque que deixou três mortos e nove feridos na manhã desta sexta-feira (25). O assassino foi apreendido, em casa, cerca de quatro horas após o ataque. Ele tem 16 anos e era aluno de uma das escolas atacadas, segundo confirmou o governador Renato Casagrande (PSB) pelo Twitter.


Segundo a polícia, ele havia usado um carro na ação e na fuga.


Os disparos ocorreram na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Primo Bitti e em uma escola particular na mesma rua.


Ele começou o ataque abrindo fogo desde que chegou à escola estadual e foi até a sala dos professores. Na unidade, duas pessoas foram mortas.


Em seguida, ele partiu de carro para a escola particular, deixando mais uma pessoa morta.


Uma professora ferida deitada num banco (Reprodução)

A polícia e o governo estadual ainda não divulgaram qual foi a motivação do crime.


O governador lamentou o episódio no Twitter.

"Com sentimento de pesar e muita tristeza, estou acompanhando de perto a apuração da invasão nas Escolas Primo Bitti e Darwin, em Aracruz. Todas as nossas forças de segurança estão empenhadas. Determinei o deslocamento dos Sec. de Segurança e Educação para acompanhar os trabalhos", disse o governador.


O senador eleito Flávio Dino (PSB-MA), coordenador do grupo técnico de Justiça e Segurança Pública do gabinete de transição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), também lamentou o ocorrido e se solidarizou com as famílias das vítimas.


"Minha profunda solidariedade às famílias das vítimas dos ataques a tiros nas escolas no Espírito Santo. Que Deus receba as vítimas e console seus familiares, colegas, amigos", escreveu no Twitter.

300x250px.gif
728x90px.gif