Bahia admite suspender Carnaval. Veja os números da epidemia


Enquanto o surto de coronavírus avança, colocando o Brasil cada dia mais no epicentro da pandemia, cresce entre governadores e autoridades sanitárias a consciência de que a covid-19 continuará impondo restrições à rotina dos brasileiros por muito tempo - pelo menos até a descoberta de uma vacina que neutralize a ação do vírus.

A Bahia deverá suspender o seu tradicional Carnaval - assim como o Réveillon e qualquer outra forma de aglomeração -, segundo o governador Rui Costa (PT), se até lá não houver uma forma de imunização da população.

"Nada está decidido, mas acho pouco provável não só Carnaval, mas Réveillon ou qualquer outra festa de aglomeração no Brasil e no mundo", disse neste sábado (3) o governador à CNN. O estado cancelou a realização das tradicionais Festas Juninas e antecipou feriados para tentar conter a propagação do vírus.


Números da epidemia

O Brasil superou hoje a França em número total de mortos. Com mais 956 vítimas fatais nas últimas 24 horas, o país soma agora 28.834 óbitos. Foram registrados 33.274 novos casos, elevando para 498.440 o número de pessoas infectadas.


300x250px.gif
728x90px.gif