top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

Bairro Presente completa dois anos no Rio de Janeiro

Em dois anos do lançamento do programa de segurança de proximidade Bairro Presente, iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Polícia Militar, a sensação da população contemplada é de mais segurança. De acordo com a coordenação do programa, houve redução de 32% dos roubos de rua no primeiro quadrimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado nas áreas cobertas. Ao todo, 50 bases funcionam em áreas de 21 batalhões da Região Metropolitana e do interior, com 296 policiais, desempenhando papel fundamental na garantia da liberdade dos cidadãos dessas localidades e do entorno.

Foto: Ernesto Carriço / Governo do Estado do Rio

"O reforço na segurança traz mais desenvolvimento econômico e social e levamos essa iniciativa para onde o trabalhador está. Temos módulos que funcionam na Zona Sul e agora também na Zona Norte, na periferia, nas comunidades. Essas áreas foram esquecidas por muito tempo. Hoje já passamos a sensação de mais segurança para os moradores, garantindo o direito de ir e vir e dando ainda a possibilidade de crianças voltarem a brincar nas ruas, sem tanta preocupação", ressalta o governador Cláudio Castro.


O programa foi expandido no fim de março, com 12 novas bases, sendo nove em bairros da cidade do Rio: Engenhão (Museu do Trem), Central do Brasil (Estação D. Pedro II), Maracanã (embaixo da passarela do metrô), Bonsucesso (Praça das Nações), Madureira (Estrada do Portela), Freguesia (Estrada de Jacarepaguá), Vila Valqueire (Praça Saiqui), Vicente de Carvalho (Praça Aquidauana, Irajá (Avenida Brás de Pina).Também foram contemplados os centros de Belford Roxo (Rua José Haddad) e de São João de Meriti (Praça da Matriz), na Baixada, e o bairro de Governador Portela, em Miguel Pereira, no Centro-Sul Fluminense.


O bairro do Maracanã, uma das regiões onde um dos novos módulos já está em pleno funcionamento, vem colhendo os frutos do trabalho desempenhado pelos agentes. A moderadora voluntária do grupo de alertas do Maracanã, Tijuca e Barra, Bernardete Casadei, que ajuda na aproximação entre moradores e a polícia na região, destacou as melhorias que vem percebendo.


"Para mim está sendo essencial a presença do módulo da polícia de proximidade aqui na região do Maracanã, já que se trata de um ponto de grande circulação de pessoas. Com os agentes monitorando as imediações 24h por dia, principalmente em momentos de grande movimento, podemos transitar com mais tranquilidade. Mesmo pouco tempo depois do início das rondas, quem mora por aqui já sabe com quem pode contar, basta um chamado, um contato de forma rápida no WhatsApp. Isso aproxima a sociedade civil da polícia", explicou.


Lideranças comunitárias têm contato direto com os módulos pelo ‘Zap’


Lançado oficialmente em 14 de junho de 2021, o Bairro Presente realizou quase 25 mil ações de prevenção no período. Cada módulo tem um coordenador, responsável pelo contato direto com as lideranças comunitárias via WhatsApp, e conta com três viaturas que circulam 24 horas por dia pelas ruas da área demarcada do bairro. Coordenadora do programa, a major Bianca Neves explicou que a iniciativa atua de forma complementar a outro programa de proximidade bem-sucedido, o Segurança Presente, da Secretaria de Estado de Governo, e vem colaborando com a sociedade desde a sua criação.


"O Programa Bairro Presente é um policiamento personalizado onde o policial militar, através de um telefone funcional, se aproxima das pessoas de acordo com as demandas que surgem. Temos uma teia de segurança onde os agentes visitam estabelecimentos comerciais, residências, instituições religiosas, entre outros. Eles estão à disposição da comunidade local. A gente fala a língua das pessoas, participamos de reuniões comunitárias e estamos sempre em contato com as associações de moradores. Os ótimos resultados se somam aos do programa Segurança Presente", detalhou a major.


Na Zona Sul do Rio, o programa também já é considerado um sucesso. No bairro da Urca, a presidente da associação de moradores, Aurimar dos Prazeres, tem colaborado de forma determinante para a tranquilidade do local. Representando os moradores da região, ela tem sido voz ativa contra as ocorrências no bairro, trabalhando junto com a polícia.


"O policiamento do Bairro Presente é diferenciado. Nós da associação Renova Urca temos um grupo de WhatsApp em contato direto com os agentes para qualquer tipo de ocorrência. Não é só a segurança que está em jogo, é a proximidade, o carinho. Senhoras que estão sozinhas que às vezes necessitam de uma palavra contam com o apoio desses policiais, casos familiares em particular, pequenos furtos, desaparecimentos, qualquer coisa. Só resta a gratidão de todos os moradores por existir esse programa e ele estar até hoje fiel ao seu início, a ideia de uma guarda de proximidade", exaltou Aurimar.


Os moradores que contam com o programa em seus bairros podem se dirigir aos módulos, à cabine física ou abordar os agentes que contam com o layout do Bairro Presente na farda para terem acesso ao telefone funcional.


Localidades contempladas


Além das novas áreas contempladas em março, o Bairro Presente já vem atuando em outros 37 bairros ou localidades, empregando diariamente 296 policiais: Abelardo Bueno, Água Santa, Alto Leblon, Av. das Américas (do terminal Alvorada até a estação do BRT Salvador Allende), Bangu, Barrinha, Cachambi, Campo Grande 1, Campo Grande 2, Cascadura/Quintino, Itaipuaçu (Maricá), Itanhangá, Jardim Oceânico, Jardim Guanabara, Leme, Madureira, Magalhães Bastos/Mallet, Marapendi, Marechal Hermes, Olaria, Oswaldo Cruz/Campinho, Padre Miguel, Pavuna, Penha, Península, Portuguesa, Praça da Bandeira, Ramos, Realengo, Rua Teresa (Petrópolis), Santa Teresa, São Conrado, São Cristóvão, Sulacap, Urca, Vargem Grande, Vargem Pequena e Vila da Penha.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page