top of page

Bancos suspendem empréstimo após corte de juros para aposentados


(Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

Bastou o Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) anunciar a redução do limite de juros, oficializado quarta-feira (15), para uma série de bancos anunciarem nesta quinta-feira (16) a suspensão do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Na lista de instituições que suspenderam suas operações de empréstimo na modalidade estão Bradesco, Itaú, Pan, Banco Mercantil do Brasil e C6 Bank.


A redução dos juros de 2,14% para 1,7% foi aprovada pelo CNPS, que conta com membros representantes do governo federal, dos empregadores e dos trabalhadores. A medida foi proposta pelo ministro da Previdência Social, Carlos Lupi.


Em nota, segundo a Folha de São Paulo, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirma que não houve qualquer decisão coletiva para suspender a linha de consignado. Mais cedo, porém, através de nota, a mesma federação criticou a redução dos juros. "Iniciativas como essas geram distorções relevantes nos preços de produtos financeiros, produzindo efeitos contrários ao que se deseja, na medida em que tendem a restringir a oferta de crédito mais barato, impactando na atividade econômica, especialmente no consumo", afirmou e entidade.


De acordo com o Globo, auxiliares do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmam que a Fazenda não deu aval para a medida, que foi uma "decisão unilateral" de Carlos Lupi, sem consulta à equipe econômica ou à Casa Civil. Haddad deverá estudar uma alternativa.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page