'Belchior - O Musical' em cartaz na Sala Nelson Pereira

Nos dias 5, 6 e 7 de agosto, na Sala Nelson Pereira dos Santos, em Niterói, o público poderá reviver músicas e acontecimentos marcantes da obra e da vida do cantor e compositor Belchior, no espetáculo “Belchior: Ano Passado Eu Morri, Mas Esse Ano Eu Não Morro – O Musical”, que retorna aos palcos com novos textos e novo repertório.

Foto: Ivana Mascarenhas / Divulgação

O musical faz um recorte de sua juventude por meio de uma dramaturgia formada por trechos de entrevistas do próprio cantor, que é interpretado por Pablo Paleologo, enquanto Bruno Suzano interpreta o Cidadão Comum, personagem recorrente nas canções de Belchior e, de certa forma, seu alter ego. Conta também com a participação de uma banda ao vivo com seis músicos: Silvia Autuori (baixo/violino), Emília B. Rodrigues (bateria), Thomas Lenny (teclado) e Rico Farias (violão/guitarra).


No repertório estão sucessos como: “Alucinação”, “Apenas Um Rapaz Latino Americano”, “A Palo Seco”, “Na Hora do Almoço”, “Todo Sujo de Batom”, “Coração Selvagem”, “Medo de Avião”, “Mucuripe”, “Como Nossos Pais”, “Paralelas”, “Velha Roupa Colorida”, “Sujeito de Sorte”.


De acordo com o diretor do espetáculo, Pedro Cadore, “Belchior: Ano Passado Eu Morri, Mas Esse Ano Eu Não Morro – O Musical” marca o resgate de Antônio Carlos Belchior, trazendo à tona seu discurso ainda atual em relação à política brasileira.


“Mais do que sua biografia, a peça pretende mostrar ao espectador a filosofia de um dos ícones mais misteriosos da música popular brasileira. Queremos trazer uma sessão de nostalgia aos fãs e aos que não conhecem sua poesia inigualável” ressalta o diretor do musical, que também assina a organização de textos ao lado de Cláudia Pinto.


Biografia


O cantor e compositor Belchior nasceu dia 26 de outubro de 1946, em Sobral, norte do Ceará, e já no início da década de 70 veio para o eixo Rio-São Paulo tentar emplacar suas canções em festivais de música. O sucesso inicial aconteceu quando a cantora Elis Regina interpretou duas de suas músicas em seu espetáculo Falso Brilhante: “Velha Roupa Colorida” e “Como Nossos Pais”.


Belchior faleceu em 2017, mas seus últimos dez anos de vida já foram marcados por seu afastamento da mídia, com raras notícias, entrevistas ou shows.


Serviço


'Belchior - Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro – O Musical'

Datas: 5, 6 e 7 de agosto.

Horário: sexta e sábado, às 20h; e domingo, às 19h.

Gênero: Musical.

Local: Sala Nelson Pereira dos Santos.

Endereço: Av. Visconde do Rio Branco 880.São Domingos, Niterói - RJ.

Duração do show: 70 minutos.

Classificação Indicativa: 12 anos.

Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

Venda: pelo site Sympla. https://bileto.sympla.com.br/event/75141/d/149574/s/984130


Protocolos sanitários:


É necessário apresentar o comprovante de vacinação em dia, no formato impresso ou digital, acompanhado de um documento com foto. É facultativo o uso de máscaras pelo público durante a permanência nas dependências da sala.


Fonte: Departamento de Imprensa SMC/FAN

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg