Bispo que estuprou menores filhas de fiéis é preso em Itaboraí


Pastor Jonas Braga, acusado de estuprar menores filhas de fiéis de sua igreja (Divulgação)

O pastor Jonas Braga, que se apresentava como profeta bispo Jonas do Ministério Promessa, de 30 anos, foi preso em casa nesta terça-feira (14), no bairro de Ampliação, em Itaboraí, acusado de estuprar duas menores, filhas de fiéis de sua igreja em Araruama, na Região dos Lagos. A prisão foi efetuada por agentes da 118ª DP (Araruama).

De acordo com as investigações, as vítimas são irmãs. Uma delas tinha apenas 11 anos e foi abusada ao menos três vezes. Os abusos ocorriam no trajeto da casa da menina para a igreja, dentro do carro de Jonas. A menina relatou em seu depoimento que ele dizia que "era pastor da porta da igreja para dentro".

A outra vítima, de 17 anos, denunciou que foi estuprada também dentro do carro pelo pastor. Ela disse que, após ser violentada por Jonas, que não usou preservativo, ele seguiu mandando mensagem para que não se preocupasse em caso de gravidez porque “não haveria problema se engravidar, pois ele conseguiria um remedinho para matar a criança em dez minutos”.

As denúncias começaram quando os pais acharam uma foto íntima que o pastor havia enviado para o celular de uma delas.

A Polícia Civil espera que após a divulgação do caso, outras possíveis vítimas se apresentem na delegacia.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg