728x90_2.gif

Blogueiro bolsonarista se trata com ozônio da piada de Bolsonaro


O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio cumpre prisão preventiva na Papuda, no DF (Reprodução)

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio começou a fazer tratamento na prisão com a técnica da ozonioterapia, que já foi alvo de piada homofóbica por parte do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Eustáquio sofreu uma queda dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, e agora está sem conseguir andar. Ele é investigado no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre os atos antidemocráticos e está preso preventivamente desde 18 de dezembro após descumprir determinação de prisão domiciliar.

"Após ozonioterapia, Oswaldo mostra melhora e tem sensibilidade das pernas. Hoje, Eustáquio conseguiu iniciar os primeiros movimentos dos dedos do pé direito e recuperar parcialmente a sensibilidade da perna esquerda. Ele teve melhora após a segunda sessão de ozonioterapia", escreveu sua mulher, Sandra Terena, nas redes sociais.

A técnica, que administra uma mistura de oxigênio e ozônio no corpo, já foi utilizada por Bolsonaro para fazer deboches de cunho homofóbico. O tratamento se tornou mais conhecido após o prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastoni (PSDB), sugerir que as aplicações são feitas pelo ânus.

Em vídeo do final de novembro do ano passado, o presidente aparece conversando com seus apoiadores na frente do Palácio da Alvorada e diz que deve viajar para Itajaí antes do Natal. Após o comentário, ele emenda que não vai "tomar ozônio lá".

"O prefeito falou que cura Covid com ozônio, não pergunta onde é a aplicação, não", afirmou Bolsonaro. "Tinha muita gente indo pra lá tomar [ozônio]. Estou com Covid", completou.

Em agosto, Eduardo Pazuello, então interino na Saúde, teve encontro oficial com defensores da ozonioterapia, que não tem eficácia comprovada no tratamento da Covid-19.


Com informações do IG

1/3
BANNER_ESTATICO_300X250_v2-01.jpg