Bolsonaro é chamado de 'fascista' e 'genocida' no Senado


(Foto: Divulgação/PSOL)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi vaiado e ouviu gritos de "fascista" e "genocida" nesta quarta-feira (3) no Senado Federal, em Brasília.

O presidente esteve na Casa para a abertura dos trabalhos legislativos do Congresso Nacional. Após o hino nacional e antes do discurso de Bolsonaro, os integrantes da casa gritaram pelo seu afastamento e contra a postura do governo federal em relação à pandemia de Covid-19.

Alguns parlamentares publicaram o vídeo do protesto nas redes sociais, como Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

Em foto, Talíria Petrone (PSOL-RJ) mostrou os cartazes e camisas com os quais alguns parlamentares da oposição receberam Bolsonaro no Senado.

Em resposta, Bolsonaro deu um recado aos parlamentares: "Nos encontramos em 22", disse, referindo-se à sua possível candidatura à reeleição para presidente da República.

"Primeiramente, é uma satisfação enorme voltar a esta casa na qual fiquei por 28 anos. Muitos debates entre nós, muitas ideias divergentes, mas sempre o respeito a qualquer autoridade que porventura estivesse presente", disse Bolsonaro.

Em sua fala, com doses de fakenews, o presidente ressaltou as medidas do governo de combate ao novo coronavírus. "O governo federal adotou premissas básicas para salvar vidas e proteger empregos. Com base nessas premissas e com olhar aos vulneráveis, governo foi mobilizado para atuação coordenada e efetiva e todos passaram a direcionar esforços ao combate ao vírus e proteção às pessoas", disse.

Entre outros assuntos, Bolsonaro disse também que o governo está em ajuste financeiro e logístico para a vacinação contra a Covid-19, destacando o investimento de R$ 20 bilhões para a aquisição dos imunizantes. O auxílio emergencial e outras medidas econômicas, lembrando até a "taxa básica de juros resumida a 2% ao ano" e o PIX.

Nesta segunda-feira (1º), foram eleitos os novos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal: Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), com apoio do governo na base de troca de cargos e emendas parlamentares entre deputados e senadores do centrão, são os novos líderes de cada Casa, respectivamente.


Com a Sputnik

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também:

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle