top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Bolsonaro agiu como 'agente de Satanás' em Aparecida, diz bispo


(Reprodução)

O bispo emérito dom Mauro Morelli, da Diocese de Duque de Caxias, criticou a ida do presidente Jair Bolsonaro (PL) à missa pelo Dia de Nossa Senhora Aparecida, na quarta-feira (12), no santuário dedicado à santa, no município de Aparecida, no interior de São Paulo.


O bispo, que atualmente reside na Serra da Canastra, território pertencente à Diocese de Luz, em Minas Gerais, afirmou que Bolsonaro "comportou-se como um agente de Satanás" e que "seus endiabrados seguidores deveriam ser presos em flagrante como arruaceiros".


O presidente compareceu ao santuário acompanhado do candidato ao governo de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos).


Durante as missas de celebração do feriado em homenagem à padroeira do Brasil, representantes da Igreja Católica deram recados desfavoráveis ao presidente, entre aplausos e vaias dos presentes.

Diversas imagens que circularam na mídia e nas redes sociais mostraram que apoiadores do presidente, com camisas em verde e amarelo, foram em peso ao templo religioso.


Em determinados momentos, câmeras registraram os seguidores de Bolsonaro cercando e intimidando profissionais de imprensa presentes no local.


Em outro momento, alguns vaiaram o sermão do arcebispo de Aparecida (SP), Dom Orlando Brandes, que comentou a conjuntura política brasileira acirrada, no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Em sua fala, o arcebispo afirmou que "está faltando pão, faltando fraternidade. Esse é o vinho que precisamos nos dias de hoje."


Já o padre Camilo Júnior, no encerramento de uma missa, desejou "parabéns" aqueles que compareceram e aproveitaram o dia da padroeira para celebrar a santa. "Hoje não é dia de pedir votos, é dia de pedir bênçãos", disse o padre.

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page