Bolsonaro diz que não é papel do governo levar oxigênio


Uma das cinco carretas da Venezuela transportando oxigênio para Manaus (Reprodução)

Enquanto o ministro da Saúde Eduardo Pazullo é investigado pela Polícia Federal (PF) por suposto crime de responsabilidade na crise da área de saúde no estado, o presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (30) que não papel do governo levar oxigênio para o Amazonas.

Ao defender o ministro, general da ativa, Bolsonaro disse que "não é competência" e "nem atribuição" do governo federal levar oxigênio para o Amazonas, que sofre com a falta do insumo para atender pacientes da Covid-19.

Na semana passada, chegou a Manaus uma ajuda humanitária da Venezuela com cinco carretas transportando um carregamento com mais de 100 mil metros cúbicos de oxigênio. Além da Venezuela, o Amazonas recebeu ajuda também da China e cilindros de oxigênio de diversos estados da federação, transportados por aviões da Força Aérea Brasileira.

Apesar da tragédia, ​Bolsonaro elogiou ainda a atuação do ministro da Saúde, dizendo que "não há omissão" diante da crise. Para o presidente, Pazuello, que está em Manaus, fez um "trabalho excepcional".

"Ele trabalha de domingo a domingo, vira a noite, duvido que com outra pessoa teria tido a resposta que ele está dando", afirmou.

Na realidade, por determinação do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF) e a pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, a Polícia Federal iniciou uma investigação para apurar possível crime de responsabilidade do ministro Eduardo Pazuello na crise sanitária que provocou a morte de diversos pacientes com Covid-19 por falta de oxigênio nas unidades hospitalares no Amazonas.

O ministro, contudo, enviou para o estado 120 mil unidades de hidroxicloroquina, que não tem eficácia comprovada contra a Covid-19 e cujo uso em pacientes com a doença é condenado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif