728x90_2.gif

Bolsonaro gastou R$ 2,3 milhões em férias de fim de ano


(Reprodução)

Em meio à pandemia de CovidD-19 no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro gastou mais de R$ 2,3 milhões durante suas férias de final de ano, entre os dias 18 de dezembro de 2020 e 5 de janeiro.

A quantia foi revelada pelo deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) a partir de informações da Secretaria-Geral da Presidência da República e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

​No final do ano, o presidente viajou para São Francisco do Sul, em Santa Catarina, voltou a Brasília para passar o Natal e foi para o Guarujá comemorar o Ano Novo.

O GSI informou que os gastos com transporte aéreo foram estimados em US$ 185 mil (cerca de R$ 1,056 milhão em valores atuais), com base em tabelas do Comando da Aeronáutica.

Já a Secretaria-Geral afirmou que as despesas durante as viagens foram de R$ 1.196.158,40. Neste valor, estão incluídos o custeio com hospedagem de Bolsonaro e sua equipe, alimentação, despesas aeroportuárias e combustível de veículos terrestres.

Na soma das duas viagens, o custo com a equipe de segurança foi de R$ 202.538,21.

Em resposta ao pedido do deputado, o GSI afirmou que as despesas estão dentro do Orçamento Anual previsto para a pasta e para a Aeronáutica.

1/3
BANNER_ESTATICO_300X250_v2-01.jpg