top of page

Brasil reduz as importações de gás para o menor volume em 20 anos

O Brasil reduziu significativamente suas importações de gás natural para 6,5 bilhões de metros cúbicos em 2023, o menor valor nos últimos 20 anos. A tendência de queda nas importações tem se mantido desde 2015, exceto por um breve aumento em 2021. Essa redução corresponde à iniciativa do Brasil de aumentar a produção doméstica de gás natural e realizar a transição para fontes renováveis de energia.

Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram uma queda acentuada nas importações de nove bilhões de metros cúbicos em 2022, segundo informa The Rio Times.


Essa redução consistente das importações de gás natural faz parte da estratégia do Brasil de reduzir sua dependência de fornecimentos externos. Os investimentos do Brasil em energia hidrelétrica, solar e eólica têm desempenhado um papel crucial.


As secas de 2015 e 2021 forçaram o Brasil a utilizar mais gás, embora as usinas hidrelétricas gerem até 75% de sua energia. No entanto, a transição do país para fontes renováveis demonstra o esforço em reduzir a dependência do gás estrangeiro por meio da utilização de diferentes fontes, fornecedores e rotas de energia.


Fonte: TV BRICS, parceira do TODA PALAVRA


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page