728x90_2.gif

Brasil reduziu em 12% as mortes por Covid em agosto


O Brasil registrou no mês de agosto uma queda de 12% no total de mortes causadas pela epidemia de coronavírus, em relação ao mês anterior. Foram 28.947 óbitos contra 32.912 em julho. Porém, segundo especialistas, ainda não se pode dizer que está consolidada uma tendência de queda.

A chamada média móvel dos últimos sete dias (866 óbitos) é 11% menor do que a de 14 dias atrás, que ficou em 971 mortes. As semanas anteriores também registraram quedas menores ou iguais a 5%. Os epidemiologistas, porém, só consideraram uma queda sustentada a partir de reduções superiores a 15%. No quadro atual do país, eles preferem considerar que há uma estabilidade.

O país registrou até agora, desde o início da epidemia, 121.381 pessoas mortes em função da covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registrados 553 novos óbitos. Os dados estão na atualização do Ministério da Saúde divulgada na noite desta segunda-feira (31). Ontem, o painel do ministério marcava 120.868 óbitos. Há 2.708 falecimentos em investigação.

De acordo com o balanço da pasta, o número de pessoas infectadas desde o início da pandemia chegou a 3.908.272. Entre ontem e hoje, as secretarias estaduais de saúde acrescentaram às estatísticas 45.961 novos casos. Ontem, o sistema do Ministério da Saúde trazia 3.862.311 casos acumulados.

Os casos são menores aos domingos e segundas-feiras pelas limitações de alimentação pelas equipes das secretarias de saúde. Já às terças-feiras, o número usualmente tem sido maior pelo envio dos dados acumulados do fim de semana.

Ainda de acordo com a atualização, 689.157 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.097.734 já se recuperaram.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,1%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 57,8. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1859,8.



1/3