728x90_2.gif

Brasil tem maior número de mortes em 24h desde setembro


(Foto: Reprodução)

O Brasil registrou 1.111 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, fazendo total de óbitos pela doença chegar a 192.681, segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (29). Este é o maior número de vítimas desde 15 de setembro, quando 1.113 morreram.

Só neste mês, é a segunda vez que a contagem diária ultrapassa 1.000 mortes pela Covid-19. Em 17 de dezembro, houve 1.092 óbitos.

O ministério contabilizou ainda 58.718 novos casos da doença nesta terça-feira (29). Total de pessoas já infectadas pelo vírus é de 7.563.551.

De acordo com o governo, 6.647.538 pessoas se recuperaram da doença, com outras 723.332 em acompanhamento.

Maior número de mortes desde setembro

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa criado para contabilizar os números da epidemia no Brasil, dezembro teve a maior quantidade de mortes desde setembro.

Até o momento, dezembro registra 18.570 óbitos. Em novembro, houve 13.263 mortes, e em outubro, 16.016. Em setembro foram contabilizados 22.371 mortes. O consórcio utiliza dados recolhidos juntos às secretarias de Saúde de todo o país.

Enquanto enfrenta uma alta no número de mortes e casos da Covid-19, o Brasil ainda não tem data prevista para o início da vacinação contra o coronavírus. Até o momento, nenhum imunizante obteve registro da agência nacional de saúde (Anvisa), apesar de farmacêuticas como Pfizer/BioNTech, Moderna e Sinovac já terem autorizações de agências de saúde dos Estados Unidos, União Europeia e China - todas reconhecidas pelo próprio governo brasileiro como suficientes para contratação dos imunizantes.

1/3