top of page

BRICS: Putin se reúne com líder da África do Sul

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou neste sábado (29/7), em reunião com o líder da África do Sul, Cyril Ramaphosa, em São Petersburgo, que as relações entre os dois países são estratégicas e expressou confiança de que a cúpula do BRICS, em agosto, será realizada no mais alto nível. A reunião acontece logo após o término da Cúpula Rússia-África, realizada nos dias 27 e 28 na cidade russa. Vladimir Putin destacou a colaboração estreita e construtiva dentro do grupo BRICS para aprofundar a parceira estratégica de todos os cinco países-membros.

Foto: Aleksei Danichev / Sputnik

"Estou certo de que o encontro que estão preparando terá lugar ao mais alto nível. Não tenho nenhumas dúvidas disso. Faremos tudo para ajudá-lo e apoiá-lo", acrescentou Putin.


O presidente russo afirmou que as relações entre a Rússia e África do Sul são estratégicas e estão se tornando mais intensas. O volume de negócios, segundo ele, cresceu 16,4% no ano passado. Putin também observou que há um diálogo político multinível entre os países, e as relações comerciais e econômicas estão se desenvolvendo.


"Em 2022 as trocas comerciais demonstraram um bom crescimento – 16,4%. Mas também acho que os números absolutos poderiam ser maiores, mas já US$ 1,3 bilhão [R$ 6,15 bilhões] já é, em princípio, um valor apreciável", disse Putin.


Entre as áreas promissoras para cooperação, o líder russo nomeou a energia, indústria, agricultura, ciência e inovação.


Ao mesmo tempo, o líder russo informou que a discussão da situação na Ucrânia, durante a Cúpula Rússia-África, terminou cerca das duas horas da manhã e que o trabalho com os países africanos foi produtivo.


"Terminamos bem tarde ontem à noite, era 01h30 da manhã em Moscou [19h30 de sexta-feira em Brasília]. Mas trabalhamos de maneira muito ativa e, na minha opinião, produtiva. Parece-me que tanto as nossas relações bilaterais como as nossas relações com o continente africano no seu conjunto se beneficiaram, em grande medida por sua causa, senhor presidente, porque esteve muito ativamente envolvido na preparação deste encontro", disse Putin a Cyril Ramaphosa.


Por sua vez, o presidente da África do Sul agradeceu à Rússia por ajudar a organizar a próxima cúpula do BRICS, e destacou que os representantes russos estão participando de sua preparação.


"Estamos aguardando com ansiedade a realização bem-sucedida da cúpula", ressaltou o presidente Ramaphosa.


O presidente da África do Sul também declarou que está satisfeito por atuar ao lado de uma pessoa tão dedicada ao trabalho como o presidente russo Vladimir Putin. Falando sobre a cooperação entre a África e a Rússia, o líder sul-africano observou que essa colaboração é baseada no respeito mútuo e na consideração dos interesses uns dos outros.


"Em tempos, a URSS e a África tiveram excelentes relações, estou feliz por continuarem assim também agora entre o nosso continente e a Rússia", enfatizou ele.


Fonte: Sputnik


ความคิดเห็น


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page