Busto de ex-governador Celso Peçanha é restaurado em Rio Bonito

Depois da polêmica envolvendo o vandalismo que sofreu, o busto do ex-governador Celso Peçanha está sendo restaurado pelo artista plástico Dawson Nascimento. A peça em bronze, de autoria do escultor Honório Peçanha, o mesmo que fez a estátua do ex-presidente Juscelino Kubistchek acenando para o público e que se encontra no Memorial JK em Brasília, estava jogada entre os restos de uma obra no Hospital Regional Darcy Vargas, em Rio Bonito. O busto ficava nos jardins ao lado da escadaria de acesso ao hospital.


O busto de Celso Peçanha, antes e agora, em restauração / Foto: Divulgação

No domingo, quando a imagem do busto sujo, vandalizado e jogado no chão começou a circular na internet, várias pessoas criticaram o descaso e a peça chegou a ser confundida com o busto do escritor Ângelo Longo, localizado na Praça Fonseca Portela, a principal de Rio Bonito. A confusão foi desfeita pelo filho do escritor que se manifestou nas redes.


“Este busto é do ex-prefeito e ex-governador Celso Peçanha. Foi vandalizado e está largado com entulhos da obra do hospital. Creio que é urgente que seja resgatado, limpo e colocado em um local público”, esclareceu Ângelo Filho.


Preservacionista e autor de uma página nas redes sociais em que mostra o rico patrimônio histórico de cidades do leste fluminense e, em especial Rio Bonito, Dawson Nascimento está finalizando a restauração do busto e identificou a assinatura do escultor Honório Peçanha.


“É uma peça muito bem feita, que guarda total semelhança com o ex-governador Celso Peçanha. Graças a Deus conseguimos resgatar e a direção do hospital nos contratou para fazer a restauração e colocá-lo de volta na mesma localização e no mesmo pedestal em que se encontrava antes de ser vandalizado. Com certeza, caso não ocorresse a manifestação nas redes sociais, esse busto poderia ter sido vendido em um ferro velho e apagado parte da história de uma cidade”, disse ele.


Celso Peçanha foi governador do antigo Estado do Rio de Janeiro no período de 1961 a 1962, quando sucedeu o governador Roberto Silveira, morto no exercício do cargo no dia 18 de fevereiro de 1961. E prefeito de Rio Bonito durante três mandatos (1943 a 1950), além de deputado federal. Morreu no dia 13 de julho de 2016, aos 99 anos.


São vários os prédios públicos construídos ou que tiveram a colaboração direta do Governador Celso Peçanha na cidade de Rio Bonito, entre eles o Hospital Regional Darcy Vargas, instituição filantrópica de direito privado.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg