Caetano e Nando Reis homenageiam Bruno e Dom em seus shows


(Reprodução)

Caetano Veloso e Nando Reis homenagearam, durante seus shows neste fim de semana, o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips assassinados no Vale do Javari, na Amazônia.

Em Brasília, Caetano exibiu uma bandeira com os rostos das vítimas para a plateia, que reagiu com gritos de "fora Bolsonaro". O cantor ainda questionou "por que pararam as investigações", referindo-se ao fato de a Polícia Federal ter afirmado que não há mandante no crime.

Em Manaus (AM), Nando Reis emocionou o público ao reproduzir no telão um vídeo em que Bruno Pereira representa um canto indígena da floresta no idioma kanamari - Bruno falava quatro línguas do Javari e via os indígenas como irmãos. O cantor ainda criticou: "Triste Brasil que mata quem protege as florestas e defende os povos indígenas. Essa é a cara do governo Bolsonaro: a cara da morte."

Neste domingo, a PF informou que já identificou oito suspeitos pelas mortes de Bruno e Dom. Três deles estão presos, e dois confessaram a participação no assassinato e na ocultação dos corpos na floresta.




Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg