top of page

Calor e chuvas acima da média marcam o verão no Rio


(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O verão deste ano será lembrado pelos cariocas pela sensação térmica acima de 50ºC e temperaturas máximas próximas de 42ºC, marcas registradas em fevereiro. Nas primeiras semanas da estação, iniciada em 21 de dezembro, a temperatura máxima ficou em apenas 22,5°C, muito aquém do que as médias para o período.


Estação mais apreciada pelos cariocas e por turistas que visitam a cidade, o verão carioca deste ano apresentou seu comportamento típico um pouco mais tarde, passando de 40°C apenas em 15 de janeiro, quando foram registrados 40,3°C em Irajá.


Segundo o Alerta Rio, sistema de monitoramento e alerta de chuvas e deslizamentos da prefeitura, neste verão, houve registro de chuva em 37 dias nas estações pluviométricas, entre os dias 21 de dezembro e 19 de março. Só no mês passado, choveu em 22 dos 28 dias do mês, fazendo deste o quarto fevereiro mais chuvoso de toda a série histórica. No acumulado do mês, foram 222,4 milímetros (mm) de chuva no município, o que correspondeu a um excesso de 85% de chuva em relação à média histórica para fevereiro, que é de 120,4 mm.


“Foi um verão com muitos dias de previsão e registro de chuva forte. A partir de meados de janeiro, não aconteceu mais, foram dias típicos de calor, com a temperatura subindo, céu claro e pancadas de chuva à tarde e à noite”, destaca o Alerta Rio.


Outono começa sem chuva

De acordo com o Alerta Rio, o outono, estação que começa nesta segunda-feira (20) e termina no dia 21 de junho, está sem previsão de chuva para os próximos dias, mas ainda podem ocorrer pancadas no período.


A estação é marcada pelo aumento do número de frentes frias, principalmente quando se aproxima o mês de junho. A previsão é de madrugadas mais frescas com dias quentes, ou seja, aumento da chamada amplitude térmica.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page