Carta aberta dos rodoviários à população de Niterói e região


Rodoviários, que convivem diariamente com a superlotação nos ônibus, querem prioridade na vacinação contra covid

Após anunciar a paralisação dos serviços de transporte de passageiros no dia 26, os rodoviários lançaram a seguinte carta aberta à população de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá, que será atingida pelo movimento em que os trabalhadores tentam conquistar o direito à vacinação prioritária:


"O Sindicato do Trabalhadores em Transportes de Passageiros Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo, inscrito no CNPJ n.º 30.133.011/0001-00, representado pelo seu diretor presidente, Sr. Rubens dos Santos Oliveira, no uso de suas atribuições estatutárias, vem INFORMAR à população usuária de transportes de passageiros, por ônibus, das linhas municipais e intermunicipais dos municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá, que os trabalhadores dos municípios acima referidos, em plebiscito realizado no período de 12/04/2021 à 15/04/2021, decidiram paralisar as atividades a partir da zero hora do dia 26 de abril de 2021, em decorrência da negativa das autoridades públicas em atender as reivindicações dos empregados em relação à inclusão da categoria no próximo calendário do plano de vacinação para imunização contra o COVID-19.


Sabemos de todas as necessidades e privações que estamos sofrendo, mas não cabe à classe trabalhadora rodoviária ser renegada à própria sorte, quando o problema é conjuntural e depende de ação do poder público para minimizar os impactos irreversíveis da pandemia sobre os trabalhadores.


Ressaltamos que, desde o início da pandemia, tivemos centenas de trabalhadores e parentes desses infectados e muitos desses perderam a vida quando do exercício de suas funções laborativas.


Diante desse cenário caótico que os trabalhadores rodoviários se encontram, em consonância com a Lei 7783/89 (Lei de Greve), comunicamos que, se a categoria rodoviária não for inserida no próximo calendário de vacinação, os trabalhadores paralisarão por tempo indeterminado suas atividades, iniciando-se no dia 26 de abril de 2021.


Informamos a todos que os trabalhadores rodoviários não querem prejudicar a população, mas, por sua vez, nos sentimos renegados à própria sorte, já que estamos na linha de frente do contágio e da disseminação desse mal, que assola o mundo. Por isso, nosso movimento é pautado na manutenção da vida humana, que se sobrepõe a qualquer interesse pessoal.


Niterói, 20 de abril de 2021.


A Diretoria"

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif