728x90_2.gif

Castromóvel fará cirurgias gratuitas em cães e gatos


O castramóvel está equipado com sala de preparação, de cirurgia e pós-cirurgia / Douglas Macedo

Os donos de cães e gatos de Niterói terão, a partir de outubro, mais uma opção para castrar seus bichinhos de estimação gratuitamente: o castramóvel do Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD). O caminhão totalmente equipado para a realização da cirurgia percorrerá os bairros da cidade realizando a castração de animais domésticos de famílias de baixa renda.

Nesta quinta-feira, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou a unidade móvel e destacou a importância da iniciativa adotada pelo Município.


“Criamos a lei de proteção aos animais nos primeiros anos da nossa gestão, que foi aprovada pela Câmara de Vereadores. Hoje, Niterói é uma das poucas cidades do Brasil que tem uma legislação específica de cuidado e proteção dos animais. Também inauguramos o CCPAD, que funciona no Fonseca. Entendemos que este é um serviço muito importante para o bem-estar da população e de seus animais de estimação. É mais uma política de saúde pública fundamental para a nossa cidade”, disse o prefeito.    


Atendimento – O castramóvel conta com sala de preparação, de cirurgia e pós-cirurgia. A equipe que atuará na unidade é formada por quatro veterinários, um anestesista e técnicos. O veículo ficará em cada bairro por 15 dias. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade realizou um mapeamento das castrações realizadas em cada bairro da cidade e usou os dados para preparar a programação do veículo.  


De acordo com o coordenador de Proteção Animal da Prefeitura de Niterói, Marcelo Pereira, o primeiro bairro a receber o castramóvel será o Caramujo, a partir do dia 7 de outubro. Em seguida, será a vez do Engenho do Mato. Os atendimentos serão realizados de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O projeto conta com a parceria da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal Fluminense (UFF).

“O serviço é voltado para pessoas de baixa renda que desejam realizar a castração dos seus animais. Para isso, é preciso se inscrever na Associação de Moradores do bairro ou na Secretaria Regional, apresentando identidade, CPF e comprovante de residência daquele bairro onde estará acontecendo a ação, no nome do tutor do animal. Será realizada uma triagem identificando as pessoas que mais necessitam do serviço. Nossa expectativa é atender cem animais, em média, por semana”, enfatizou Marcelo Pereira.


Controle de crias – O secretário municipal de Meio Ambiente, Eurico Toledo, destaca que esta iniciativa permite ampliar o trabalho e as políticas públicas de proteção animal da Prefeitura de Niterói. Ele lembra que a lei federal 13.426/2017 incentiva esse tipo de prática para proteção dos animais e controle de crias.  

“O castramóvel representa um grande avanço na política pública de proteção animal. Niterói é uma cidade referência na proteção animal. Foi uma luta e um desafio para efetivar este projeto, mas agora é uma realidade”, destacou Eurico Toledo. “O Castramóvel vai permitir ampliar a castração com eficiência, segurança e bem-estar para os animais. Com a castração, diminuímos o número de animais abandonados e ajudamos na saúde dos bichinhos, e também evitando o deslocamento das pessoas que precisam castrar seus animais”, frisou.

Para ser castrado, o animal precisa ter mais do que quatro meses e menos do que seis anos; ter menos de 20 quilos; não ser obeso ou extremamente magro; não ser braquiocefálico (cães das raças Pug, Buldogue, Shitzu, Boxer). Também não será realizada castração em gatos persas ou de raças exóticas.


CCPAD – Em julho, o Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), no Fonseca, completou três anos de funcionamento. Neste período, já foram realizadas cerca de cinco mil castrações de cães e gatos de moradores da cidade. O coordenador de Proteção Animal da Prefeitura de Niterói, Marcelo Pereira, informou que no fim de outubro será aberto o cadastramento na unidade para cerca de 600 novas vagas para moradores da cidade que desejam realizar a castração de seus animais no Horto.  

Além do CCPAD e do castramóvel, a cidade conta ainda com a Unidade de Controle de População Animal, situada em Icaraí, que é administrada pelo Controle de Zoonoses da Prefeitura.  


Educação sobre proteção animal– Além do trabalho de controle populacional através das castrações, o veículo será também uma unidade de educação sobre proteção animal. Serão distribuídos cartilhas e folhetos sobre o tema nos bairros onde o veículo estiver. A educação somada a castração são os eixos principais para um desenvolvimento de políticas públicas sólidas de proteção animal. Já foram distribuídas mais de 10 mil cartilhas nas escolas municipais.