Chile: esquerda lidera em nova pesquisa para o 2º turno


Gabriel Boric, candidato da Frente Ampla da esquerda chilena pode ter vitória inédita (Reprodução)

O candidato da Frente Ampla da esquerda chilena, Gabriel Boric, ultrapassou o ultradireitista José Antonio Kast, que somou mais votos no primeiro turno da eleição presidencial, em uma nova pesquisa realizada pela Criteria Research, divulgada nesta quinta-feira (2). De acordo com o levantamento, Boric tem 54% da preferência do eleitorado, contra 46% do adversário.

A vantagem do candidato da extrema direita se diluiu em questão de dias, segundo as primeiras pesquisas divulgadas no país. Em 21 de novembro, Kast estava dois pontos percentuais à frente de Boric. Mas já no último final de semana, os levantamentos divulgados pelas empresas de pesquisa Black and White, Pulso Ciudadano e Cadem mostravam Boric à frente, com uma vantagem de até 16 pontos percentuais sobre seu rival.

A pesquisa também apontou que os chilenos encontram-se divididos em relação sobre quem poderá ser o próximo presidente do país, com os dois candidatos estando empatados tecnicamente.

Vitória inédita

Pelas projeções não se descarta que, pela primeira vez numa eleição chilena, ocorra uma reversão de resultados, ou seja, que o segundo candidato mais votado no primeiro turno acabe eleito presidente em 19 de dezembro.

O levantamento da Criteria Research, realizado de maneira online, ouviu 1.620 pessoas, entre os dias 25 e 29 de novembro.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif