Chuva forte volta a castigar Petrópolis e ruas estão alagadas

Começou a chover forte na tarde deste domingo (20/3) em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. A Defesa Civil do município acionou duas vezes as sirenes em áreas de risco para mobilizar a população desses locais. Segundo o órgão, em menos de 1 hora foram registrados 118 milímetros de chuva. O município ainda se recupera da tragédia de fevereiro, que deixou 233 mortos. Cenas de ruas tomadas por enxurradas, carros boiando e rios transbordando, especialmente no centro da cidade e na Rua Tereza, se repetem em fotos e vídeos postados nas redes sociais.

Rua do Imperador alagada após rio transbordar no Centro de Petrópolis / Reprordução

A secretaria de Defesa Civil recomenda à população que se desloque para lugares seguros, como um dos 19 pontos de apoio, espalhados pelo município, que são alternativas para quem precisar sair de casa. Por volta das 15h10, imagens do radar do Centro de Operações da Prefeitura do Rio mostravam, que justamente em Petrópolis, havia uma concentração de chuva forte no estado do Rio.

Reprodução

“A recomendação é que a população não tente atravessar as áreas alagadas e busque local seguro. A Defesa Civil orienta que a população siga as recomendações de segurança. Todo o efetivo está empenhado para o atendimento de possíveis ocorrências. Em caso de emergência ligue 199 (Defesa Civil) e 193 (Corpo de Bombeiros)”, informou.


Trânsito interrompido


Por causa da inundação, o tráfego na Rua Coronel Veiga foi bloqueado no trecho entre as Duas Pontes e Ponte Fones. As equipes da Defesa Civil foram para a região para fazer o fechamento da via e reforçar a orientação aos motoristas e pedestres para que evitem o trecho. Agentes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) reforçam a sinalização na área.


*Com informações da Agência Brasil

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg