top of page

Chuvas: Estado homologa situação de emergência em 6 municípios


O governador Cláudio Castro homologou, nesta sexta-feira (19/1), em edição ordinária do Diário Oficial, a situação de emergência declarada por seis cidades prejudicadas pelos temporais do final de semana passado. Os decretos emergenciais foram publicados no início desta semana pelas prefeituras de São João de Meriti, Mesquita, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Nilópolis e município do Rio de Janeiro.

Reprodução

"Temos o dever de preservar o bem-estar da população, combatendo e minimizando os impactos das chuvas. Por isso, desde o dia 12, quando começaram os temporais, nossas equipes monitoram e dão apoio a todas as áreas atingidas. Distribuímos mais de 29 mil refeições extras em diferentes localidades, kits de higiene, água, colchões, além do cadastramento do Cartão Recomeçar", declarou Castro.


A medida permite a aceleração das ações estaduais de resposta ao desastre. Prevê, também, a dispensa de realização de licitação para procedimentos emergenciais, como execução de obras, serviços e equipamentos para atendimento da situação emergencial. As prefeituras devem providenciar a complementação da documentação em até 15 dias.


O decreto n° 48.908 de 18 de janeiro entra em vigor a partir de hoje, permanecendo vigente por um prazo de 180 dias. A publicação destaca que os municípios foram impactados de maneira inesperada e intensa pelas fortes chuvas, afetando de forma repentina as áreas sociais, econômicas e ambientais.


Ações do Estado nos municípios afetados


Desde as primeiras horas da sexta-feira (12/1), quando cidades foram atingidas por temporais, o Governo do Estado atua para reduzir os impactos. Ao todo, já forneceu 29 mil refeições. No município do Rio de Janeiro foram distribuídas 7.120 refeições, e 1.877 insumos. Em São João de Meriti, 7.200 alimentos, além de 2.377 insumos. Em Mesquita, 2.200 kits de higiene, colchões e água.


Levantamento preliminar do Governo do Rio junto às prefeituras que decretaram situação de calamidade ou emergência indicam que pelo menos 30 mil cadastrados foram realizados para avaliação de elegibilidade ao Cartão Recomeçar – benefício que concede R$ 3 mil para pessoas afetadas pelas chuvas.


Investimentos pelo PactoRJ na redução de danos das chuvas


O trabalho preventivo na redução de danos e impactos gerados pelas chuvas é realizado diariamente pelo Governo do Estado.


Desde 2021, o Governo do Estado está investindo, por meio do PactoRJ, R$ 4,3 bilhões em obras e projetos pautados pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU (R$ 3,8 bilhões), e ações do Limpa Rio (R$ 550 milhões).


No mesmo período, também foram realizados outros projetos com foco na prevenção de catástrofes, totalizando mais de R$ 1 bilhão. São intervenções para drenagem, pavimentação asfáltica, contenção de encostas, obras de micro e macrodrenagem pluvial e outras melhorias para garantir a segurança da população e um estado mais sustentável.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comentários


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page