top of page

Chuvas: simulado de desocupação é realizado em 30 comunidades

Abrindo a Semana Estadual de Redução de Riscos de Desastres, o Governo do Rio, por meio da Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) realizou, neste sábado (26/11), um simulado de desocupação de 30 comunidades vulneráveis. A atividade, realizada simultaneamente em 16 municípios, envolveu 20 órgãos estaduais e municipais, cerca de 800 agentes, militares e voluntários.

Divulgação

A ação faz parte do Plano de Contingências do Estado para Chuvas Intensas. Ao todo, cerca de 14 mil moradores foram beneficiados pelo exercício, que testou o acionamento de sirenes em casos de chuvas fortes, deslizamentos e inundações.


A mobilização preventiva, realizada em parceria com as defesas civis municipais, órgãos governamentais e não-governamentais e a sociedade civil, aconteceu no Rio de Janeiro, em São João de Meriti, Magé, Duque de Caxias, Cachoeiras de Macacu, Niterói, Angra dos Reis, Mangaratiba, Barra do Piraí, Barra Mansa, Queimados, Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, Areal e Bom Jardim.


"O simulado faz parte do calendário de ações relacionadas ao Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres, que é comemorado dia 29 de novembro. Mas a preparação para as chuvas acontece o ano todo, com investimentos frequentes e sistemáticos no treinamento de agentes e bombeiros, na capacitação da população por meio de campanhas e simulados e no reequipamento e na modernização operacional. É um plano de ação permanente, alinhado estrategicamente com as demais secretarias e órgãos do Governo do Estado", detalhou o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Sampaio Monteiro.

Divulgação


Daisy Mara da Silva Pereira, de 56 anos, participou do treinamento em Xerém, Duque de Caxias e manifestou seu contentamento com a atividade.


"É importante saber o que fazer em caso de uma emergência. Agora, quando tocar a sirene, vou seguir imediatamente com minha família para o ponto de apoio mais próximo", disse.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro


300x250px.gif
728x90px.gif