Cineasta Cadu Barcellos é morto a facadas no Rio


Foto: Arquivo pessoal

O cineasta Cadu Barcellos, de 34 anos, foi morto a facadas na madrugada desta quarta-feira, 11, na Avenida Presidente Vargas, na altura da Rua Uruguaiana, no Centro do Rio de Janeiro. O cineasta havia participado de um evento na Pedra do Sal - reduto do samba no Rio -, também no Centro, estava de carona em um carro de aplicativo e desembarcou no Presidente Vargas, onde foi rendido, próximo a uma estação de metrô.

Em entrevista à TV Globo, William Oliveira, amigo do cineasta, disse que "Cadu foi assassinado possivelmente por conta de um celular, um RioCard (vale-transporte) e um punhado de reais". As circunstâncias da morte ainda estão sendo investigadas pela Delegacia de Homicídios da Capital. 

Cadu Barcellos era assistente de direção no programa "Greg News", comandado por Gregório Duvivier, na HBO, foi diretor e roteirista da série "Mais x Favela" (2011), do canal a cabo Multishow, e um dos diretores e roteiristas do documentário "5x Pacificação" (2012).

A instituição Redes da Maré, através das redes sociais, disse que "amanhece em luto pelo assassinato brutal do jovem e nosso querido amigo Cadu Barcellos. Nosso amor à família, que faz parte da nossa história, aos amigos e parceiros desse jovem que tanto produziu pelo nosso território".

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif