top of page

Clin instala contentores e lança nova logística de coleta

Com o objetivo de estimular cada vez mais o descarte correto de resíduos e manter Niterói em primeiro lugar no ranking estadual do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana, desenvolvido pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana, a Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), lança novo sistema de coleta no município, com a instalação de 500 modernos contentores de mil litros cada, por toda a cidade. Os equipamentos novos terão informações anexadas explicando como deverão ser utilizados e uma campanha educativa será realizada junto à população estimulando o uso dos novos contentores.

Divulgação

O setor operacional da Clin já começou e definiu os pontos onde serão colocados os recipientes de cor marrom específicos para material orgânico e os azuis para os resíduos recicláveis. Os locais escolhidos são pontos críticos de descarte irregular por parte da população.


Para implantar a nova logística de coleta, a CLIN realizou a contratação da empresa especializada Contelurb, que ficará responsável pela manutenção, higienização e substituição dos equipamentos que vierem a ser danificados, na cidade. O sistema utilizado reduzirá os custos operacionais e otimizará a coleta.


Como explica o presidente da Clin, Luiz Garcia, os contentores vão mudar radicalmente o serviço de coleta em Niterói, permitindo entre outras vantagens a sua universalização:


“A conteinerização trará muitos benefícios para a população e meio ambiente, sem dúvida é uma conquista para o nosso município. O novo sistema garantirá o acondicionamento correto dos resíduos sólidos dispostos para a coleta. Estes contentores também evitarão que os resíduos possam ser colocados no chão irregularmente, evitando assim a proliferação de vetores por estarem devidamente acondicionados”, concluiu Luiz Fróes.


Atualmente toda a cidade é atendida pela coleta domiciliar e pela coleta seletiva e todos os resíduos produzidos em Niterói possuem o destino final adequado. Niterói tem uma longa tradição em coleta seletiva. O serviço teve início em 1991, através do projeto experimental desenvolvido no Condomínio Grotão, em Itaipu. Em 1997, a coleta seletiva ganhou infraestrutura.


Dados atualizados da Companhia reforçam que, a cada ano, com o aumento da implantação de projetos sustentáveis, cresce a quantidade de resíduos recicláveis recolhidos. Em 2021, foram retiradas 3.373,26 toneladas de recicláveis.


Em 2022, o número aumentou para 4.797,80 toneladas. Projetos como “Coleta Seletiva nas Escolas”, “Clin Comunidade Sustentável”, “Porta a Porta”, “Ponto de Entrega Voluntária” (PEVs) e o Ponto de Entrega Sustentável (PES), estão aumentando significativamente a quantidade de recicláveis recolhidos e principalmente chamando a atenção da população para a importância do cuidado com o meio ambiente.


A colaboração dos munícipes é fundamental para manter a cidade em perfeito estado de conservação. Para isso, é importante que os moradores respeitem os dias e horários da coleta domiciliar, o acondicionamento correto dos resíduos, que participem da coleta seletiva e que denunciem quando identificarem o descarte irregular através do telefone 0800-367-9100.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page