Clin passa a receber resíduos eletroeletrônicos em seis ecopontos

A partir da próxima semana, a Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin) passa a receber resíduos eletroeletrônicos em seis ecopontos. Esta é mais uma iniciativa adotada pela Clin para incentivar e reforçar a prática da coleta seletiva na cidade. A iniciativa, desenvolvida por meio de uma parceria com a empresa E-Ambiental, tem como objetivo facilitar o acesso para que mais pessoas possam realizar o descarte de forma consciente, evitando a degradação ambiental causada pelo despejo incorreto desse tipo de material.

Será possível descartar aparelhos celulares, mp3, computadores, terminais, cabos e fios, fax, câmeras fotográficas, TV de tubo e receptores, webcam e joysticks, nobreak, aquecedores, batedeiras, aparelhos de DVD, ferros elétricos, unidades de CD e DVD, lâmpadas, smartphones e acessórios, Ipods, notebooks, fontes e gabinetes, monitores de computador, impressoras e scanners, estabilizadores, aparelhos de ar condicionado, cafeteiras, carregadores em geral, micro-ondas, pilhas, aparelhos de som, walkman, telefones, teclados, HDs e memórias, filmadoras, baterias automotivas, liquidificadores, pen drives, disquetes e baterias.


“Os resíduos eletroeletrônicos, quando descartados de maneira inadequada, podem causar sérios danos ao meio ambiente. Estamos felizes em poder estabelecer essa parceria e esperamos contar com a adesão da população de Niterói”, comenta o presidente da Clin, Luiz Carlos Fróes.


Os ecopontos onde poderá ser feito o descarte deste material ficam no Largo da Batalha, Barreto, Fonseca, Itaipu, Santa Bárbara e Ilha da Conceição.


A empresa também disponibiliza o serviço Disque Coleta, através dos números 98323-6940 e 3587-8266, em que os moradores da cidade podem informar o endereço e solicitar o recolhimento do resíduo eletrônico de forma gratuita.


Comunidade Sustentável


Outra iniciativa adotada pela Clin é o projeto “Clin Comunidade Sustentável”, que começou a ser implantado em 2020. Atualmente, 12 comunidades são atendidas, entre elas Zulu (Santa Rosa), Buraco do Boi (Barreto), Morro do Atalaia (Ititioca), João Nunes (Várzea das Moças), Morro da Chácara e Arroz (Centro) e Jacaré (Região Oceânica). A comunidade do Cantagalo foi a mais recente contemplada com o serviço. A previsão, de acordo com a Clin, é que o programa seja ampliado para outras seis até o fim de 2022.


O Clin Comunidade Sustentável tem como objetivo aprimorar a gestão de resíduos sólidos em regiões de difícil acesso. Os novos contêineres são colocados em pontos estratégicos, nas partes baixas dessas áreas, e além de facilitarem a retirada dos resíduos das comunidades, como são semienterrados, não há proliferação de insetos e ratos no local, proporcionando melhor qualidade de vida dos moradores.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif