CNPq afirma que não perdeu dados da Plataforma Lattes

Hoje (terça-feira, 27/7) é o quarto dia que a Plataforma Lattes, que hospeda as informações dos pesquisadores e trabalhos desenvolvidos, encontra-se fora do ar em razão de um 'apagão' no sistema. Professores e pesquisadores do Brasil inteiro que não conseguiam acessar os dados acadêmicos neste período procuraram o CNPq e foram informados que o servidor havia queimado, mas que ainda não se sabia a dimensão dos danos.

Foto: Herivelto Batista / MCTIC / Divulgação

Uma das maiores preocupações dos pesquisadores seria a perda das informações contidas na plataforma, com a possível falta de um 'backup' dos arquivos, o que gerou comentários nas redes. Hoje, o CNPq veio a público em suas páginas na internet para esclarecer que já identificou o problema, que os dados do banco de currículos e pesquisas não se perderam e que os procedimentos para a reparação foram iniciados.


Leia o 'Informe do CNPq':


"Em continuidade aos comunicados sobre a indisponibilidade dos sistemas do CNPq, incluindo as Plataformas Lattes (Currículo Lattes, Diretório de Grupos de Pesquisa, Diretório de Instituições e Extrator Lattes) e Carlos Chagas, fazemos os seguintes esclarecimentos:


O CNPq já dispões de novos equipamentos de TI e a migração dos dados foi iniciada antes do ocorrido. Independente dessa migração, existem backups cujos conteúdos estão apoiando o restabelecimento dos sistemas. Portanto, não há perda de dados da Plataforma Lattes.


O pagamento das bolsas implementadas não será afetado. Todos os prazos de ações relacionadas ao fomento do CNPq, incluindo a Prestação de Contas, estão suspensos e, de ofício, serão prorrogados".

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg