Com nova onda de Covid, Paris volta a fechar bares


Paris e outras cidades próximas de sua zona metropolitana foram colocadas em "alerta máximo" a partir desta segunda-feira (5) a fim de conter uma nova onda do novo coronavírus na região. Os bares voltarão a fechar suas portas. As medidas restritivas passam a valer a partir desta terça-feira (6) e terão validade de 15 dias.

Os restaurantes poderão permanecer abertos, desde que respeitem as novas medidas sanitárias de segurança. O mesmo vale para cinemas, teatros e museus em relação ao novo protocolo sanitário.

De acordo com o governo, o alerta máximo na capital francesa prevê também o fechamento de cassinos, salões de jogos, parques de diversões e salões de festa.

Segundo o jornal Le Figaro, a cidade-luz e seus subúrbios vêm apresentando um agravamento das infecções, maior incidência da Covid-19 entre idosos e taxas crescentes de ocupação de leitos em hospitais há vários dias. E essa tendência foi confirmada durante este fim de semana.

​Atualmente, o número de infectados em Paris saltou de 250 a cada 100 mil habitantes para 270 a cada 100 mil. A taxa entre a população idosa, grupo de risco para casos mais graves da Covid-19, chega a 100 infectados por 100 mil habitantes deste grupo.

A França contabiliza 619.190 casos confirmados de Covid-19, de acordo com dados oficiais atualizados neste domingo (4). As mortes em decorrência da doença no país somam 32.230.

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif