Começa o estudo de viabilidade do VLT de Niterói

Atualizado: 8 de Dez de 2020


Projeto prevê uma linha ligando a estação das barcas de Charitas ao Terminal João Goulart, no Centro, e ao Barreto

O prefeito eleito de Niterói, Axel Grael, se reuniu, na manhã desta segunda-feira (07) com representantes do consórcio que fará o estudo de viabilidade técnica e financeira do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). A agenda de transição também contou com reuniões com o futuro secretário Executivo, Bira Marques, e com o secretário de Urbanismo, Renato Barandier, que se manterá no cargo.


Técnicos do consórcio, liderado pela empresa Des Villes et Des Hommes (DVDH), apresentaram ao prefeito eleito a metodologia do estudo que vai avaliar a implantação de uma linha que ligará Charitas ao Terminal João Goulart, no Centro, e seguirá para o Barreto. O trabalho é financiado e contratado pelo Governo da França, através de um fundo pleiteado pela Prefeitura de Niterói.


"Desafio para todas as grandes cidades do mundo, a mobilidade urbana continuará sendo uma das prioridades da Prefeitura de Niterói. Este estudo de viabilidade é estratégico para o desenvolvimento da nossa cidade", disse Grael, que teve covid-19, cumpriu o período de isolamento orientado pelos médicos e retomou nesta segunda-feira agendas presenciais do trabalho de transição de governo.


Axel se reuniu com membros do consórcio liderado por empresa francesa, responsável pelo estudo de viabilidade

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: