Comissão de Educação de Niterói apresenta balanço 2021

A Comissão de Educação da Câmara de Niterói apresentou nesta quinta-feira (25/11), o 1º Relatório Anual de Prestação de Contas sobre o andamento das políticas públicas educacionais desenvolvidas no município. O documento apresenta um balanço com os principais desafios educacionais e também identifica recomendações para o próximo ano.

Divulgação

O presidente da Comissão de Educação, o vereador Binho Guimarães (PDT), fez um balanço:


"A pandemia não só impactou o cotidiano das redes de ensino, dos estudantes, de suas famílias, professores e demais profissionais da educação, mas também o andamento de políticas importantes para a educação básica. O trabalho da Comissão de Educação, desde o começo do ano, tem sido em priorizar os alunos neste cenário desafiador, minimizar as perdas para as famílias em maior vulnerabilidade e ampliar o acesso à educação a todas as crianças e adolescentes do município", disse ele.


O relatório apresenta dados e compilação de pesquisas acerca da gravidade da crise educacional que os municípios irão enfrentar nos próximos anos para suprir o déficit do ensino presencial provocado pela pandemia do novo coronavírus.


Dentre os principais desafios para 2022 está a retomada integral das aulas e atividades presenciais de forma segura, com ações articuladas e estratégias de curto e médio prazos, de forma a recuperar os prejuízos à aprendizagem e ao desenvolvimento cognitivo de crianças e adolescentes gerados durante o fechamento das escolas em função da pandemia de covid-19.


A Comissão de Educação identifica como recomendações prioritárias para 2022: investir em projetos de conectividade, fortalecer programas de segurança alimentar, dedicar atenção às necessidades de infraestrutura e mapear as séries mais afetadas pela oferta exclusiva de ensino remoto para que os estudantes sejam atendidos de modo personalizado às suas dificuldades.


O documento também ressalta a importância das ações pioneiras no município de Niterói como o lançamento da "Casa de Avaliação", que busca diagnosticar a dimensão das perdas pedagógicas em anos escolares específicos através de provas periódicas.


Além disso, há destaque para a rede de proteção social concedida aos estudantes, à parceria com a UNICEF para o Programa Busca Ativa Escolar que combate a evasão estudantil e à criação da plataforma digital "Niterói em Rede" que proporciona ensino remoto aos alunos e gestão escolar para professores.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg